BATALHA ELEITORAL ANTECIPADA
Avant-premiére do que certamente será a batalha eleitoral de 2006 já foi ao ar, não apenas na imprensa, mas também nas propagandas partidárias e institucionais.
Primeiro, a propaganda do Governo Federal, veiculada em abril, com comparações ao governo de FHC e, recentemente, o programa do PFL, atacando o governo Lula.
Ambos foram questionados por seus adversários junto ao TSE, acusados de anteciparem a mensagem eleitoral.
No caso do programa do PT, a representação protocolada pelo PSDB, diretamente contra o presidente Lula, teve seu veredito ontem (01/12). O presidente foi condenado a pagar uma multa de 10.000 Ufirs, com o parecer final de que "a propaganda não teve caráter informativo ou educativo, como determina a legislação eleitoral, e caracterizou clara alusão ao atual governo e promoção pessoal do presidente da República."
No caso do PFL, um pedido formal de cassação foi enviado hoje, pelo PT, contra os programas de rádio e TV que abordam o assunto do "mensalão" e fazem a comparação do discurso de Lula quando candidado e de Lula hoje.
Para saber mais, leia as matérias completas, clicando nos links abaixo:
ESTADÃO.COM.BR - "PT pede ao TSE cassação de programa de rádio do PFL" CONSULTOR JURÍDICO - "TSE condena Lula por propaganda eleitoral antecipada" -



[ ver mensagens anteriores ]
Visitante número: